segunda-feira, 9 de março de 2009

Nem o mais sábio dos poetas
Em um sentimento profundo
Consegue expressar em rima
Dentro de poucos segundos
A pureza do amor Pelo melhor pai do mundo
Nos mais bonitos dos gestos
Quero me parecer contigo
E nos teus braços meu pai
Que encontro meu abrigo
Vou gritar que o mundo ouça ...
Meu pai meu melhor amigo

Um comentário:

Janaína disse...
Este comentário foi removido pelo autor.